Vencedores da 12ª edição do Prémio escolar António Manuel Couto Viana
08/06/2022 09:53 em NOTICIA


Vencedores da 12ª edição do Prémio escolar António Manuel Couto

 

Viana em dia de homenagem ao escritor

 

No dia em que se assinala o aniversário do falecimento do escritor António

Manuel Couto Viana, a Câmara Municipal de Viana do Castelo divulga os vencedores da

12ª edição do Prémio Escolar que foi criado para homenagear a personalidade

vianense que foi autor de literatura infantil, poeta, ensaísta, tradutor e dramaturgo.

O dia 8 de junho, data em que faleceu António Manuel Couto Viana, é o

momento escolhido para a comunidade educativa vianense conhecer os vencedores da

12ª edição do Prémio Escolar, numa homenagem à vida e à obra do escritor vianense.

Esta homenagem é traduzida num prémio que tem por finalidade dar a conhecer a

obra literária do autor e premiar produções literárias e artísticas da população

infantojuvenil da comunidade escolar vianense, sob as modalidades de Conto, Ensaio,

Ilustração e Poesia.

Na presente edição, foram apresentados à fase final do concurso 54 trabalhos

dos alunos das escolas do concelho, públicas e privadas, e o júri deliberou premiar um

total de 13 trabalhos, distribuídos pelas várias modalidade e anos de escolaridade.

Na modalidade de CONTO (tema livre), o prémio foi atribuído aos seguintes

concorrentes: Olavo Martins Gonçalves, do 1.º Ciclo do Ensino Básico, com o Conto

intitulado “Aventura Negra”; Tiago de Castro Carvalho, 2.º Ciclo do Ensino Básico, com

o Conto intitulado: “A Fábrica dos Afetos”; Mercedes Figueira Botão de Noronha Rego,

3.º Ciclo do Ensino Básico, com o conto “Alma”; Mafalda Reis Sendim Rodrigues, do

Ensino Secundário, com o conto “Dali espera-se tudo”.

Na modalidade de POESIA (tema livre), o prémio foi atribuído aos seguintes

concorrentes: Lourenço Dantas Silva, 1.º Ciclo do Ensino Básico, com a poesia “Poema

de Paz”; Maria Beatriz Gonçalves de Castro, do 2.º Ciclo do Ensino Básico, com “O

Azul”; Guilherme Pinto Correia, 3.º Ciclo do Ensino Básico, com a poesia “Sentimento”;

e Maria Inês Simões de Oliveira, Ensino Secundário, com “Pressa de correr”.

 

Na modalidade de ENSAIO, o prémio foi atribuído aos trabalhos realizados a

partir da obra de António Manuel Couto Viana, de acordo com os seguintes níveis de

escolaridade: Maria Filipe da Ponte Guedes, Ensino Secundário, com “Ensaio sobre

«Memorial do Guerreiro» de Estádio Estacionário de A. M. Couto Viana - «Memorial do

Guereiro» - Camões e Pessoa na poética de Couto Viana”.

Na modalidade de ILUSTRAÇÃO, o prémio foi atribuído aos trabalhos realizados

a partir da obra de António Manuel Couto Viana, de acordo com os seguintes níveis de

escolaridade: Nataliia Kuvshynova, 1.º Ciclo do Ensino Básico, com a ilustração a partir

do poema “Para cada um seu modo de ver” do livro Versos de Cacaracá; Bruna Martins

Lourenço, 2.º Ciclo do Ensino Básico, com uma ilustração a partir do poema "Lenda de

Viana” do livro Lendas do Vale do Lima; Helena Feio Garcia, 3.º Ciclo do Ensino Básico,

com ilustração a partir da "Lenda da Pieira de Lobos" do livro Lendas do Vale do Lima;

e João Festa da Cruz, Ensino Secundário, com a ilustração a partir do livro Meias de

seda vermelha e sapatos de verniz com fivelas de prata e outros contos.

O Prémio Escolar António Manuel Couto Viana é um concurso organizado pela

Câmara Municipal de Viana do Castelo, através da Biblioteca Municipal, em parceria

com as Bibliotecas Escolares dos estabelecimentos de ensino público e privado do

concelho, que prevê duas fases distintas, uma que decorre nas escolas, com a seleção

do melhor trabalho, e outra, a concorrer à fase final, na Biblioteca Municipal, onde são

apurados, de acordo com o Regulamento, os melhores trabalhos por um júri idóneo.

Com esta iniciativa, que conta com o apoio da Editora OPERA OMNIA, a Câmara

Municipal através da sua Biblioteca, procura responder ao apelo do Manifesto da

IFLA/UNESCO sobre Bibliotecas Públicas 1994 que defende a biblioteca pública como

“porta de acesso local ao conhecimento - fornece as condições básicas para a

aprendizagem ao longo da vida, para uma tomada de decisão independente e para o

desenvolvimento cultural do indivíduo e dos grupos sociais.”

 

 

 

Gabinete de Comunicação e Imagem

Câmara Municipal de Viana do Castelo

COMENTÁRIOS